Apresentação do Livro “Os Conceitos de Velho e Novo nos Manifestos e textos doutrinários do Primeiro Modernismo Português e da Vanguarda Histórica Espanhola (1912-1925)”

No passado dia 22 de Fevereiro teve lugar na Galeria da CCDR Alentejo a apresentação pública do livro “Os Conceitos de Velho e Novo nos Manifestos e textos doutrinários do Primeiro Modernismo Português e da Vanguarda Histórica Espanhola (1912-1925), pelo seu autor, mestre Eduardo Belo Fonseca Gonçalves Rodrigues dos Santos.

O autor é licenciado em Ensino de Português e Inglês e também em Tradução de Inglês e Francês, pela Universidade de Évora, onde tirou o mestrado em Literaturas e Poéticas Comparadas. Trabalha actualmente em tradução, para a Comissão Europeia, no Luxemburgo.

Na ocasião, a Dra. Lina Jan, Vice-Presidente afirmou que esta obra marca o início de uma linha editorial que a CCDR Alentejo e o Gabinete Iniciativas Transfronteiriças pretendem desenvolver sobre a temática da Cooperação Transfronteiriça.

A CCDR Alentejo e o Gabinete de Iniciativas Transfronteiriças congratulam-se por ter apoiado a edição duma obra subordinada a uma temática específica mas fortemente enriquecida por uma abordagem original, que certamente despertará interesse e procura por parte de muitos leitores de entre um público variado.

Esta obra inclui um interessante acervo de ensaios de reflexão produzidos por autores incontornáveis do princípio do século passado, entre os quais avultam Fernando Pessoa, Almada Negreiros ou Ramón Gómez de la Serna dissertando sobre temas do modernismo que hoje nos continuam a fazer reflectir, alguns pela sua actualidade, outros porque nos apresentam concepções e formas de ver e viver a vida diferentes da actual.

A obra está disponível no Centro de Documentação da CCDR Alentejo.